DICTYONEURA

DESCRIÇÃO E CARACTERISTICAS MORFOLOGICAS

Gramínea de ciclo perene, semi-ereta a prostrada, estolonífera e rizomatosa, de 40 a 90cm de altura, estolões compridos de cor púrpura com pilosidade de cor branca, folhas lanceoladas de 4 a 6cm de comprimento e 0,8cm de largura, raízes adventícias superficiais. As folhas são lineares lanceoladas, eretas, glabras, de cor púrpura, com uma das bordas denticuladas. Os talos e as nervuras das folhas são verdes com manchas púrpuras. A inflorescência é uma panícula com três ou quatro racemos de 4 a 6cm de comprimento, cada um com 10 a 22 espiguetas alternas, sobre uma raque de cor púrpura verde em forma de ziguezague.
Adapta-se bem a solos ácidos e de baixa fertilidade, é tolerante a seca e se recupera bem depois de queimadas. Tem boa tolerância a cigarrinha-das-pastagens, boa capacidade de rebrota e boa palatabilidade. Ataques esporádicos de cigarrinha podem ocorrer, principalmente em áreas manejadas com baixas lotações de animais, sendo que a pastagem normalmente se recupera satisfatoriamente. O valor nutritivo do cultivar Llanero pode ser considerado como moderado a pobre (4 a 7% de Proteína). Em pastagens associadas com Arachis pintoi, foram obtidos ganhos de peso vivo por animal por ano de 124 a 183 kg e ganhos por hectare variando de 267 a 540 kg de peso vivo.
No desenvolvimento inicial deste pasto, assim como a humidícola, o primeiro pastejo deve ser efetuado de forma suave para estimular o perfilhamento e o enraizamento dos estolões. A dictyoneura sofre do mesmo problema que a humidícola e perde a qualidade nutricional mais rapidamente que outras braquiárias se deixarmos ela amadurecer. Recomendamos utilizar altas cargas animais ou maior freqüência de pastejo, pois desta maneira os animais patejam uma forragem mais tenra e de melhor qualidade nutricional e de melhor digestibilidade. Em solos ácidos, arenosos e pobres em fertilidade, este cultivar é uma das melhores opções de pastagem para eqüinos, ovinos e caprinos.

Compartilhe

7 Comentários

  • joao marcos gil disse:

    gostaria de saber qual o valor do preço por kilo, o tipo de embalagem, e o frete para o cep 15802-285 – catanduva-sp

  • josé saraiva disse:

    gostaria de saber valor da semente do Massai e do Dyctioneura. Pretendo plantar manualmente em duas áreas de reflorestamento de árvores nativas que perfazem uma área total de 10 ha . Quantos quilos seriam necessários?

  • Joelson Francisco Santos disse:

    Gostaria de saber qual o preço por kilo, o tipo de embalagem, e o frete para o cep 49.030-140 – Aracaju-SE.
    Para sementes de capim conf. abaixo:
    Llanero – Massai – Decumbens – Mombaça – Ruziziensis – MG-5 – Aruana – Pojuca

    • admagromax disse:

      Gostariamos que nos fosse informado o seu telefone de contato para oferecermos um orçamento mais preciso e também um melhor atendimento.

      No aguardo,

      Alexander Ferreira

  • orival alves toledo disse:

    gostaria de saber qual o valor do preço por kilo, o tipo de embalagem, e o frete para o cep 11065-260– santos – sp

  • fabrizio lima cardoso disse:

    sou de são luís do maranhão, gostaria de saber o preço do saco….queria comprar 50 sacos.

  • marcio rogerio disse:

    boa Noite! gostaria de saber qual o preço do kg e o frete para o cep 65790-000. obrigado

Deixe um comentário

Seu E-mail não será publicado. Campos requeridos estão marcados.