nelore PO Archives - Sementes Agromax

Touros-Nelore PO

Mercado de Touros Aquecido no MS

Notícias | Deixe um comentário

Negócios têm sido fechados a mais de R$ 5.500 em pequenas fazendas na região de Dourados

Alisson Freitas

A demanda por touros Nelore PO tem se mantido aquecida nas principais regiões de pecuária de corte do país. No Sudoeste do Mato Grosso do Sul, a liquidez beira 90% em algumas pequenas propriedades que abastecem o mercado local.

É o caso do Sítio Boa Vista, de Laguna Caparã, cidade vizinha a Dourados. “Produzimos em média 79 touros por safra e quase tudo é vendido na fazenda. A demanda tem sido crescente nos últimos anos em função da valorização dos bezerros”, destaca o administrador, Carlos Alves Cabral.

A propriedade de 52 hectares teve sua pastagem reformada recentemente, após o cultivo de soja e milho. Ela funciona como uma vitrine dos animais, ficando às margens da rodovia MS 379, que liga a cidade a Dourados.

Os animais chegam à fazenda no pós desmama, são recriados à pasto com braquiarão e suplementados com proteico energético no período da seca. Eles são vendidos aos 36 meses, com exame andrológico completo, por 40 arrobas na cotação do dia. Se os animais fossem comercializados no dia 2 de maio, por exemplo, o preço seria de R$ 5.520, segundo a cotação da Scot Consultoria para a região de Dourados (R$ 138/@).

A reposição vem de outra fazenda dos proprietários, que fica no município de Porto Murtinho, há quase 400 km da região. Lá, as 260 matrizes são inseminadas por IATF, sendo submetidas a ultrassonografia após 30 dias. As vazias são cobertas por touro. A taxa de prenhez é de 85%. A cabeceira é colocada à venda e o refugo vai para o abate.

Para os próximos anos, a expectativa é aumentar a produção, chegando em algo entre 90 e 100 reprodutores. “O fato de estarmos bem localizados atrai a atenção dos pecuaristas que passam pela região e nos dá um bom fluxo de vendas”, conclui Cabral.

Fonte: Portal DBO

touro nelore po

Nelore Fest premia personalidades que fizeram a diferença para a pecuária nacional

Notícias | Deixe um comentário

Na noite em que foram premiados criadores com mais de quatro décadas na pecuária, também foram homenageados pecuaristas com menos de 10 anos de seleção.

A 14ª edição do evento reuniu a cadeia produtiva da carne e premiou personalidades que fizeram a diferença para a pecuária nacional. O evento mostrou como a troca de experiência entre gerações tem ajudado a desenvolver a raça. Na noite em que foram premiados criadores com mais de quatro décadas na pecuária, também foram homenageados pecuaristas com menos de 10 anos de seleção.

Na categoria que premia neloristas que contribuíram para o desenvolvimento da pecuária e servem de modelo para os criadores, o premiado foi Fernando Penteado Cardoso, que aos 99 anos continua em atividade. O agrônomo e pecuarista recebeu o Nelore de Ouro na categoria criador modelo e foi aplaudido de pé. Já Aprígio Lopes Xavier, um dos idealizadores do ranking nacional, foi homenageado pelos 20 anos de criação do ranking.

Representando a nova geração do nelore, com seis anos de criação e cinco de ranking, Paulo Trindade Júnior está à frente da Fazenda Nova Trindade, que em pouco tempo se tornou referência nas pistas do Brasil.

E os melhores do ranking nacional 2012/2013 subiram ao palco para receber os troféus mais disputados do ano. A criadora Dalila Botelho Toledo conquistou, mais uma vez, os títulos de melhor criador e expositor nelore mocho. Já a agropecuária Vila dos Pinheiros levou pra casa o troféu de melhor expositor nelore.

E a Rima Agropecuária conquistou pela primeira vez o único título que ainda faltava para a coleção de prêmios da seleção: medalha de ouro na categoria melhor criador nelore.

Fonte da informação: RuralBR